O Mapie é um serviço tecnológico focado na prevenção do risco de insucesso e abandono escolar precoce.

Monitoriza o percurso de todos os alunos ao longo do ano letivo e sinaliza precocemente os perfis de risco através de alertas. Com essa informação é mais seguro elaborar diagnósticos e implementar intervenções precoces nos trajetos de insucesso escolar.

Pedir uma Demo

O Mapie é um serviço tecnológico focado na prevenção do risco de insucesso e abandono escolar precoce.

Monitoriza o percurso de todos os alunos ao longo do ano letivo e sinaliza precocemente os perfis de risco através de alertas. Com essa informação é mais seguro elaborar diagnósticos e implementar intervenções precoces nos trajetos de insucesso escolar.

Pedir uma Demo

Vencedor Data For Change Nova SBE 2020
Selecionado Microsoft Startup 2020
Selecionado NOS Startup World 2020
Prémio Santa Casa Challenge 2019
Startup Alpha Web Summit 2019

Implementado desde 2018, em mais de 100 agrupamentos escolares de 60 municípios de norte a sul do país, tem sido reconhecido e distinguido pelas mais importantes organizações tecnológicas e de inovação social, conquistando vários prémios.

Vencedor
Data For Change Nova SBE 2020

Selecionado
Microsoft Startup 2020

Selecionado
NOS Startup World 2020

Prémio
Santa Casa Challenge 2019

Startup Alpha
Web Summit 2019

Implementado desde 2018, em mais de 100 agrupamentos escolares de 60 municípios de norte a sul do país, tem sido reconhecido e distinguido pelas mais importantes organizações tecnológicas e de inovação social, conquistando vários prémios.

Monitoriza o perfil de risco dos alunos com base em critérios científicos.

O Mapie foi desenvolvido por investigadores da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, e desde a sua conceção orienta-se por critérios científicos, testados, que garantem a robustez dos resultados que apresenta. A avaliação do risco tem em conta:

Modelo de Risco A-B-C

(modelo americano de Balfanz e colaboradores)

Monitoriza os resultados escolares dos alunos: Aproveitamento, assiduidade e comportamento.

Indicadores sociodemográficos

Analisa informação que a investigação apresenta como robusta na identificação de risco escolar.

Monitoriza o perfil de risco dos alunos com base em critérios científicos.

O Mapie foi desenvolvido por investigadores da Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade de Coimbra, e desde a sua conceção orienta-se por critérios científicos, testados, que garantem a robustez dos resultados que apresenta. A avaliação do risco tem em conta três fatores:

Modelo de Risco A-B-C

(modelo americano de Balfanz e colaboradores)

Monitoriza os resultados escolares dos alunos: Aproveitamento, assiduidade e comportamento.

Saúde

Avalia alguns indicadores de saúde dos alunos, associados ao insucesso e abandono escolar.

Indicadores sociodemográficos

Analisa informação que a investigação apresenta como robusta na identificação de risco escolar.

Apoia o trabalho dos professores.

As tecnologias de informação são hoje em dia instrumentos familiares no trabalho dos professores. O Mapie é um upgrade nos serviços online de gestão escolar, permitindo rentabilizar e potenciar o desempenho das plataformas já instaladas e, consequentemente, melhorar as tarefas educativas.

A plena utilização do serviço não implica nenhum acrescento à carga de trabalho dos professores. O Mapie trabalha com os dados existentes nos sistemas dos agrupamentos escolares e a partir desses dados gera alertas visuais, sinalizando os alunos em risco de insucesso.

É como ter instalado um radar que monitoriza todo um território, o que se por um lado liberta os professores do trabalho de controle minucioso, por outro lado oferece-lhes argumentos robustos na tomada de decisões, seja na elaboração de diagnósticos ou na implementação de intervenções necessárias ao sucesso.

Apoia o trabalho dos professores.

As tecnologias de informação são hoje em dia instrumentos familiares no trabalho dos professores. O Mapie é um upgrade nos serviços online de gestão escolar, permitindo rentabilizar e potenciar o desempenho das plataformas já instaladas e, consequentemente, melhorar as tarefas educativas.

A plena utilização do serviço não implica nenhum acrescento à carga de trabalho dos professores. O Mapie trabalha com os dados existentes nos sistemas dos agrupamentos escolares e a partir desses dados gera alertas visuais, sinalizando os alunos em risco de insucesso.

É como ter instalado um radar que monitoriza todo um território, o que se por um lado liberta os professores do trabalho de controle minucioso, por outro lado oferece-lhes argumentos robustos na tomada de decisões, seja na elaboração de diagnósticos ou na implementação de intervenções necessárias ao sucesso.

Partilha informação e articula procedimentos.

A prevenção do insucesso escolar não depende apenas de um fator. Quanto mais se conhece o fenómeno, mais evidente se torna a necessidade do envolvimento dos diferentes atores educativos em torno de uma estratégia eficaz.

Por isso é tão importante que todos disponham da mesma informação para traçar diagnósticos e articular medidas. O Mapie, além de produzir informação de qualidade sobre os cenários de insucesso escolar, permite o acesso a esses resultados aos vários intervenientes: professores, diretores de turma, direções de escolas, direções de agrupamentos escolares, CPCJ e técnicos educativos de autarquias.

A transparência da informação, não é, contudo, incompatível com a segurança. O Mapie garante a máxima segurança na proteção dos dados, através de diferentes níveis de acesso, atribuídos de acordo com o perfil dos utilizadores.

Partilha informação e articula procedimentos.

A prevenção do insucesso escolar não depende apenas de um fator. Quanto mais se conhece o fenómeno, mais evidente se torna a necessidade do envolvimento dos diferentes atores educativos em torno de uma estratégia eficaz.

Por isso é tão importante que todos disponham da mesma informação para traçar diagnósticos e articular medidas. O Mapie, além de produzir informação de qualidade sobre os cenários de insucesso escolar, permite o acesso a esses resultados aos vários intervenientes: professores, diretores de turma, direções de escolas, direções de agrupamentos escolares, CPCJ e técnicos educativos de autarquias.

A transparência da informação, não é, contudo, incompatível com a segurança. O Mapie garante a máxima segurança na proteção dos dados, através de diferentes níveis de acesso, atribuídos de acordo com o perfil dos utilizadores.

O Mapie gera alertas de deteção precoce dos riscos de insucesso e abandono escolar que, na prática, se traduzem em vários benefícios para todos os intervenientes na comunidade educativa.

Para os alunos e famílias

O Mapie analisa os mais importantes indicadores de risco de insucesso, ao longo do percurso escolar de todos os alunos. Dos mais óbvios aos mais invisíveis. Isto significa deteção precoce das situações de risco de insucesso e, consequentemente, mais oportunidades para mais alunos de serem identificados e receberem intervenções precoces, com maior probabilidade de bons resultados.

Para os professores

O Mapie é como um radar que continuamente monitoriza e analisa os indicadores de risco dos alunos. Ao gerar alertas precoces, reforça a atenção dos professores para as situações eminentes e apoia de forma objetiva as suas decisões, seja na elaboração de diagnósticos ou na implementação de intervenções.

Para as autarquias e comunidades

É cada vez mais importante o papel das autarquias na definição de estratégias educativas locais e regionais. A educação há muito que não é apenas um assunto das “escolas” e a intervenção dos municípios e de outros agentes locais tem mostrado resultados positivos desse envolvimento. O Mapie é um instrumento importante nessa estratégia concertada para uma educação cada vez melhor.

Com o Mapie, fazer melhor tem menos custos

É o que mostram os resultados obtidos nos 102 Agrupamentos Escolares, dos 61 municípios de norte a sul do país, onde o Mapie já está implementado: menos 1281 alunos em retenção e uma poupança correspondente de 5,65 milhões de Euros.

O Mapie gera alertas de deteção precoce dos riscos de insucesso e abandono escolar que, na prática, se traduzem em vários benefícios para todos os intervenientes na comunidade educativa.

Para os alunos e famílias

O Mapie analisa os mais importantes indicadores de risco de insucesso, ao longo do percurso escolar de todos os alunos. Dos mais óbvios aos mais invisíveis. Isto significa deteção precoce das situações de risco de insucesso e, consequentemente, mais oportunidades para mais alunos de serem identificados e receberem intervenções precoces, com maior probabilidade de bons resultados.

Para os professores

O Mapie é como um radar que continuamente monitoriza e analisa os indicadores de risco dos alunos. Ao gerar alertas precoces, reforça a atenção dos professores para as situações eminentes e apoia de forma objetiva as suas decisões, seja na elaboração de diagnósticos ou na implementação de intervenções.

Para as autarquias e comunidades

É cada vez mais importante o papel das autarquias na definição de estratégias educativas locais e regionais. A educação há muito que não é apenas um assunto das “escolas” e a intervenção dos municípios e de outros agentes locais tem mostrado resultados positivos desse envolvimento. O Mapie é um instrumento importante nessa estratégia concertada para uma educação cada vez melhor.

Com o Mapie, fazer melhor tem menos custos

É o que mostram os resultados obtidos nos 102 Agrupamentos Escolares, dos 61 municípios de norte a sul do país, onde o Mapie já está implementado: menos 1281 alunos em retenção e uma poupança correspondente de 5,65 milhões de Euros.